Comando feminino

14/10/2010 19:04

 

Se, ultimamente, é ele quem tem dado as cartas, inverter a ordem das coisas o fará crer que tem o que aprender com você. Alimenta o ego masculino. “Quando minha mulher diz claramente como e onde tocá-la, me sinto o maioral. Penso que só eu posso dar o que ela quer”, abre Ivan, de 30 anos.

Os homens imploram

Não é para agir como se estivesse incorporando um personagem: seja natural. Assuma as rédeas quando estiver realmente predisposta. Tome posse do pênis, esfregue-o ao redor de seu clitóris e introduza-o na vagina como se fosse seu brinquedinho pessoal. Uma vez lá, prenda as mãos dele na cabeceira da cama e movimente a pélvis criando círculos para torturá-lo de prazer. “Minha namorada me deixa louco quando me manda lamber seus mamilos. Aliás, a língua é a única parte do meu corpo que fica livre para se movimentar”, conta Junior, de 30 anos. “Quando terminamos esse jogo excitante, tenho certeza de que as mulheres realmente deveriam governar o mundo.”