Como convencê-lo a ser romântico nas preliminares?

26/09/2010 11:53

 

por Sandra Vasques

Tenho um bom marido, mas sou triste por ele não ser romântico e às vezes me sinto apenas como um objeto de sexo. Gostaria primeiramente de me sentir amada antes do sexo. O que devo fazer para mudar isto?

Resposta: Você diz que tem um bom marido mas em seguida diz que é triste e que não se sente amada. Há diferentes maneiras de se expressar carinho, consideração e desejo por uma pessoa.

Talvez seu marido acredite que o jeito dele de ser é o adequado e suficiente para o relacionamento de vocês. Você identifica que a falta de romantismo quer dizer que ele só te veja como um objeto a ser usado para satisfazer o desejo dele. Você já pensou que talvez ele não pense assim, ou que talvez não saiba fazer diferente? Não estou defendendo o jeito dele de ser.

No entanto, seria legal se você primeiro pudesse conversar com ele, ouvi-lo e dizer o que sente e o que te faz falta. Mas para isso, você mesma tem que olhar antes para você e identificar o que quer.

Será que é mais beijo, mais carinhos antes da transa, ou que ele demonstre se importar com o que você sente e deseja antes de sair para o ataque?

Ou será que falta no dia-a-dia uma atenção, sentir-se importante e especial para ele, sentir mais apoio?

Às vezes a maior falta não tem a ver com o sexo propriamente dito, mas com o jeito como a vida tem sido vivida. Se a vida caminha bem e o problema está concentrado no jeito como a transa acontece, então não há outra saída a não ser o diálogo. Dizer como se sentirá mais satisfeita e feliz se ele tiver outro comportamento antes e durante a transa.

Mas, como já falei, diga claramente o que quer, ou como. Deixe claro que não se trata de uma reprovação, mas de mostrar melhor para ele como você é. Dizer que as pessoas são diferentes e tem gostos e necessidades especiais e que você quer que ele conheça melhor as suas para que vocês dois possam viver momentos que sejam mais gostosos para ambos.

Afinal, sentindo-se mais satisfeita e feliz, você também poderá corresponder com mais intensidade e vontade. Se, ainda assim, ele não puder ou quiser mudar, você terá que avaliar o que pode fazer para buscar mais satisfação no sexo e na vida. Nem sempre é fácil e simples achar o caminho, mas vale a pena ao menos tentar.