Você sabia que era assim?

28/07/2010 10:27

 

 

Alguns momentos auto-amorosos
Uma mulher pode conduzir-se ao orgasmo em quatro minutos. Falaríamos, então, do expresso da meia-noite ou da hora da sesta ou da hora do toque (o de que se toque …). A sua grande vantagem é que depois deste momento poderá adormecer facilmente ou reflectir calmamente e com a mente bem mais relaxada e aberta para pensar em qualquer problema que lhe tire o sono…
O “expresso” também poderá realizar-se com a ajuda de um vibrador de duplo prazer como o Pearl Driver ou o Icebreaker, que pode ajudar as mulheres a conhecer o caminho correcto até ao orgasmo e sensibilizar outras zonas de prazer, com destaque para a vagina.
Certamente, de acordo com os estudos de Shere Hite, a maioria das mulheres prefere masturbar-se acariciando o seu clítoris enquanto estão deitadas de barriga para cima.

O explorador. Se já sabe como obter prazer a sós e pode ter um orgasmo em poucos minutos, quem sabe poderá aumentar ainda mais o seu deleite tocando noutros pontos da sua anatomia para levar-se a uma sublime ebulição. Não se esqueça da parte interior das coxas, o ventre e os seios: explore todo o seu corpo para descobrir as zonas mais sensíveis ao prazer.
Para transformar o seu momento solitário numa auto-massagem de alta sensualidade poderá utilizar um massajador como o Laya Spot, que pode ser utilizado no banho, tendo em conta que é resistente à água; a esfera sensual Tuyo, o Lelo Lily, ou outros glamorosos e versáteis brinquedos. É um momento para se desejar a si própria, deixar-se relaxar por completo e desfrutar sem pressas e sem a urgência de atingir o orgasmo.

O dissimulado. Referimo-nos ao movimento de apertar as coxas entre si, de modo a obter prazer. Com saia ou mesmo debaixo de uma mesa passará totalmente desapercebido dos que a rodeiam.
Se quiser dar mais emoção à sua sessão de prazer utilize um brinquedo discreto, preferencialmente com comando à distância. Poderá utilizá-lo em público, de forma que passe totalmente despercebido. Sugerimos um brinquedo como a bala vibradora Sprite com controlo remoto.

O duche. Estava a tomar banho tranquilamente, pensando no que tinha para fazer, quando um pequeno jacto do chuveiro roçou o seu clítoris acidentalmente e uma coisa levou à outra… e vibrou de prazer. Tenha em atenção que as variações de temperatura são uma das possibilidades do duche...
Não despreze outros prazeres aquáticos: pode obter prazer extra durante o seu banho ou duche se tiver à sua disposição um patinho vibrador ou uma esponja morango.

O despertador. Apesar de lhe dar prazer pela manhã para começar o dia com energia, também poderíamos chamar “despertador” ao momento erótico em que desperta a sua vagina. O brinquedo a utilizar poderá ser um pequeno vibrador como o Meany ou o Baby Bug, ambos resistentes à água.

O íntimo intenso. Comece por acariciar a vulva e as suas zonas mais sensíveis, incluindo alguns dos locais que habitualmente não toca (redor do clítoris, períneo, bem como os diversos pontos da vagina). Um bom lubrificante poderá transformar esta viagem pela sua sensibilidade num momento muito mais agradável. Seja consciente do que sente em cada ponto que acaricia.
Poderá tornar o momento ainda mais picante se utilizar um vibrador de dedo como o poderoso e regulável Fukuoku 9000 ou o Mycero, que inclui dois vibradores de dedo para desfrutar a sós ou partilhar a dois.

O fogoso. Amontoe várias peças de roupa ou almofadas sobre a cama e deite-se de barriga para baixo sobre o amontoado. Movimente as suas pernas circularmente ou para cima e para baixo, utilizando a pressão que lhe der mais prazer e de forma a estimular o clítoris. As suas pernas podem estar abertas ou fechadas, ainda que seja melhor estarem abertas para ajudar no movimento.

O completo. Quando já estiver bastante excitada, introduza um ou dois dedos na vagina. Mantenha o dedo polegar em contacto com o clítoris e brinque com ele de forma que seja mais agradável enquanto move os outros dedos e empurra o corpo para cima. Ritmo!!!

O estranho. Simplesmente troque de mão: o que fazia com a esquerda faça-o com a direita e vice-versa. Uma conhecida técnica para a masturbação masculina consiste em sentar-se sobre a mão que usam para se masturbar com o intuito de que fique um pouco dormente e senti-la de forma alheia. Não há testemunhos sobre esta pratica aplicada às mulheres…


As variantes são quase infinitas. A única coisa de que necessita é manter a mente aberta, provar e experimentar, relaxar-se e desfrutar.